Saiba o que fazer para impermeabilizar corretamente um muro

A construção de uma casa exige muito mais do que a compra de materiais e a contratação de mão de obra especializada.

Existem algumas coisas que devem ser levadas em consideração nessa jornada, e a impermeabilização do muro é uma delas.

Isso porque, com o passar do tempo ou mesmo com a ação das batidas de chuva, um muro pode apresentar manchas que podem estar ligadas a infiltrações e umidade.

Esses problemas, por sua vez, podem danificar a parede de forma significativa caso não recebam cuidado e atenção especiais.

Além do mais, é comum que as pessoas invistam tempo e dinheiro na troca constante de reboco do muro, mas isso é apenas um paliativo.

É necessário realizar a impermeabilização da parede, processo que deve ser feito corretamente para que não surjam outras complicações.

Impermeabilização do alicerce

Na hora de impermeabilizar um muro, é necessário pensar, primeiramente, no seu alicerce, já que a infiltração também pode vir de baixo da terra.

Nesse caso, o processo deve ser realizado logo após o término da construção e consiste na aplicação de um produto específico.

Esse procedimento evita que a umidade da terra chegue às paredes do muro.

Além disso, aplicar um impermeabilizante no alicerce pode ser uma maneira barata e eficiente de evitar as temidas infiltrações.

Impermeabilização do muro

A segunda preocupação está relacionada com a impermeabilização das paredes do muro, as quais podem sofrer interferências externas que podem ocasionar infiltrações e umidade.

Também existem produtos específicos para isso disponíveis no mercado.

Mas a impermeabilização da parede só deve ser feita quando o morador não tem controle ou conhecimento do que ocorre do outro lado do terreno.

É o caso, por exemplo, do muro estar em contato com barrancos de terra ou voltado a um terreno vizinho.

Impermeabilização contra as batidas de chuva

Além dos processos citados anteriormente, é fundamental se preocupar com a impermeabilização do muro contra as batidas de chuva, ainda que a parede não esteja em contato com terra ou outras fontes de umidade.

Longas temporadas de chuvas podem ser muito prejudiciais às paredes, já que o reboco pode absorver a água, causando problemas como infiltração e mofo.

Uma das formas mais simples de evitar o problema de infiltração devido às batidas de chuva é colocar uma calha em cima do muro, formando um pequeno telhado sobre ele.

Assim, a água não pode se acumular e penetrar na parede.

Além do mais, recomenda-se o uso de produtos específicos para a impermeabilização da parede, que são capazes de criar uma camada que impede a penetração da água da chuva no reboco.

Eficácia das impermeabilizações

A eficácia de qualquer impermeabilização depende exclusivamente da forma como ela é feita e das condições do local.

Se realizados corretamente, os procedimentos acima podem alcançar bons resultados.

Portanto, é importante seguir as recomendações dos fabricantes dos produtos, especialmente em relação à quantidade de aplicações.

Não adianta tentar tapar o sol com a peneira, como diz o ditado.

O ideal, nos casos de problemas com infiltrações e umidade, é realizar corretamente os processos de impermeabilização, evitando, assim, futuras dores de cabeça.